51 planos de saúde são suspensos devido a reclamações

51 planos de saúde são suspensos devido a reclamações

Medida valerá a partir da próxima sexta-feira

A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) suspendeu hoje (30) a venda de 51 planos de saúde de dez operadoras por causa de reclamações dos consumidores recebidas no segundo trimestre do ano.

A lista completa dos planos suspensos pode ser vista no site da ANS. A medida valerá a partir da próxima sexta-feira (6).

Juntos, os planos suspensos têm cerca de 278,6 mil beneficiários. Para quem já é cliente, nada muda.

O objetivo é evitar que as operadoras vendam seus produtos a novos clientes antes de resolver os atuais problemas.

Se melhorarem o serviço prestado e tiverem redução do número de reclamações, as operadoras poderão ter a comercialização liberada daqui a três meses.

A decisão da agência faz parte do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, que avalia as operadoras a partir das reclamações recebidas pelos canais de atendimento da ANS.

“As reclamações que são consideradas nesse monitoramento se referem ao descumprimento dos prazos máximos para realização de consultas, exames e cirurgias ou negativa de cobertura. É uma medida importante para proteger quem já está no plano, além de obrigar a operadora a qualificar a assistência prestada”, afirmou Rogério Scarabel, diretor da agência.

11 operadoras poderão voltar a comercializar, a partir de 6 de setembro, 28 planos que estavam impedidos de serem vendidos. De acordo com a agência, isso acontece quando há melhoria comprovada no atendimento aos clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *